• Últimas Notícias

    quarta-feira, 21 de outubro de 2020

    Prefeitura faz propaganda política com o FGTS que ela teria que ter liberado, por força judicial, desde setembro

    A pouco menos de um mês das eleições, a Prefeitura anuncia aos quatro cantos, como se fosse um ato de bondade sua, a liberação da segunda parcela do processo VENCIDO PELO SINDISERPUM e que garantiu o pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de servidores públicos municiais dos anos de 1977 a 1991.

    Parte do processo, o Sindiserpum não foi ainda comunicado sobre qualquer ato concreto de que realmente esta parcela, que deveria ter sido paga em setembro, irá, de fato, ser paga aos servidores em curto tempo.

    Em sua informação à imprensa, a gestão Rosalba informa que irá pagar nos próximos dias, aos servidores de 1986 a 1988, esquecendo de mencionar que ela, a Prefeitura, ESTÁ SENDO OBRIGADA a pagar esta conta, que também foi iniciada numa gestão Rosalba Ciarlini. Esquece de dizer que a Prefeitura perdeu este processo na Justiça, movido pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum) e que moveu vários recursos impetrados para que não fosse pago.

    Em meio à sua desorganização (ou premeditadamente), a Prefeitura MENTE que ainda restam 209 servidores, de 1977 a 1986 a receberem o que lhes é devido. Ah, quem dera! O número se aproxima de 700 servidores, deixados de lado pela própria gestão Rosalba no ano passado, quando a Justiça a OBRIGOU a liberar a primeira parcela.

    Lembrando que estes recursos foram depositados por vários gestores para tal fim e obrigatoriamente, Rosalba também o teve que fazer por força judicial.

    Mas, como Rosalba sabe se utilizar de todos os meios para ganhar uma eleição, não duvide que seja mais uma artimanha politiqueira para conseguir votos daqueles menos favorecidos, que esperam há vários anos pelo que lhes é de direito e que teve como vilão justamente a Prefeitura, incluindo a gestão Rosalba, onde este processo nasceu e onde ela PERDEU NA JUSTIÇA, SENDO OBRIGADA A PAGAR a quem de direito.

    O sindicado lamenta que a Prefeitura tenha descumprido o prazo estabelecido pela Justiça para iniciar a liberação desta segunda parcela (SETEMBRO), estranha que o anúncio tenha sido feito às vésperas de uma eleição e espera que não seja mais uma manobra política afim de usar este processo como uma moeda de troca para conseguir votos às custas da necessidade dos servidores municipais.

    Publicado em 21 de outubro de 2020. © Assessoria de Comunicação Sindiserpum.    


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró - SINDISERPUM

    Av. Rio Branco, 1642 - Centro, Mossoró - RN, CEP: 59621-144

    sindserpummossoro@gmail.com | (84) 3321-4790

    Receba as Novidades em Seu Email