• Últimas Notícias

    terça-feira, 30 de abril de 2019

    PROFESSORES DECIDEM: sem reposição de salários não haverá reposição de aula


    De forma incoerente, desastrada e maldosa, a Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) cortou o ponto de alguns professores que encerraram a greve no último dia 17. 
    Incoerente, pois quebrou o acordo firmado no Ministério Público (MP), onde ficou estabelecido a criação de um calendário para a reposição das aulas. Com o corte, o calendário perde o sentido de existir. Se o ponto foi cortado, os professores não devem dias letivos.
    Desastrada pois cortou o ponto sem critérios claros e de forma atabalhoada: puniu quem não esteve de greve. Professores em greve receberam integralmente, outros mais, outros menos. Professor que estava de licença, teve desconto em seu salário. O que atesta que o ato da prefeitura é, antes de qualquer coisa, um ato de repressão, de punição e intimidação aos professores.
    Maldosa porque ignora que alguns professores e professoras têm apenas o seu salário como fonte de sustento dentro de casa e, com o corte, passarão por sérios problemas financeiros. Sem contar no prejuízo ainda maior aos alunos, que podem ter o ano letivo ainda mais comprometido.
    Em assembleia realizada nesta terça-feira (30), os professores deliberaram que, caso não sejam restabelecidos os seus salários, o calendário elaborado e discutido ainda na tarde desta segunda-feira (29) com o Conselho Municipal de Educação também não será cumprido.
    Reconheceram ainda o Termo de Acordo elaborado pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Mossoró (Sindiserpum), onde eles reafirmam MAIS UMA VEZ o compromisso de reposição das aulas como peça que lhes representará junto à Justiça na audiência marcada para o próximo dia 08 e não o termo que a PMM está tentando impor aos professores (Veja Termo do Sindiserpum abaixo).
    O Sindiserpum protocolou hoje o Termo junto ao Conselho Municipal de Educação, à Secretaria de Educação, à Secretaria de Administração e ao Gabinete da Prefeitura e também será levado à audiência na 3ª Vara da Fazenda Pública.





    Publicado em 30 de abril de 2019. © Assessoria de Comunicação Sindiserpum.    

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró - SINDISERPUM

    Av. Rio Branco, 1642 - Centro, Mossoró - RN, CEP: 59621-144

    sindserpummossoro@gmail.com | (84) 3321-4790

    Receba as Novidades em Seu Email