• Últimas Notícias

    quarta-feira, 18 de outubro de 2017

    “Não vão me amordaçar!” Prefeitura de Mossoró processa Marleide Cunha

    Foto: Eriberto Barros.
    A professora Marleide Cunha está sendo processada pela Prefeitura Municipal  de Mossoró (PM). O motivo: um vídeo gravado por ela, na condição de presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum) onde ela alerta a população para o uso dos plantões dos servidores da Saúde como “moedas de troca” e “chantagens” para que não aderissem à greve suspensa recentemente.

    O mais absurdo é que o processo não é direcionado à Marleide enquanto presidente do sindicato, mas à sua pessoa física, o que vem a reafirmar o que ela menciona no vídeo como “uma forma de intimidação” à servidora pública municipal, tendo em vista que ela faz parte da rede municipal de ensino de Mossoró.


    “Não vão me amordaçar!”, afirma Marleide Cunha “Esse processo é um atestado de que a prática da gestão Rosalba Ciarline atua com intimidação ao invés do diálogo, da negociação. Atua com práticas repressoras ao invés de construir relações democráticas. A minha voz é a de todo servidor público que sofre no local de trabalho; uma voz que é abafada, silenciada, reprimida e que só pode se libertar através do sindicato”, concluiu. 

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró - SINDISERPUM

    Av. Rio Branco, 1642 - Centro, Mossoró - RN, CEP: 59621-144

    sindserpummossoro@gmail.com | (84) 3321-4790

    Receba as Novidades em Seu Email