• Últimas Notícias

    quinta-feira, 7 de junho de 2018

    Sindiserpum participa de audiência pública da Corregedoria do Ministério Público na Câmara Municipal de Mossoró


    Procurando aproximar a sociedade do Ministério Público (MP), a Corregedoria Geral do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) promoveu nesta quinta-feira (7) uma audiência pública na Câmara Municipal de Mossoró (CMM).
    O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum) esteve presente ao evento, e em sua fala, a presidente Marleide Cunha, falou sobre o sucateamento dos equipamentos públicos e a falta de materiais nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Mossoró.
    Falou ainda sobre as más condições das Unidades de Educação Infantil (UEI), algumas abrigadas em cubículos e sem nenhuma estrutura, e relatou casos até de esgoto passando por dentro de salas de aula.
    Marleide citou ainda casos recentes na administração pública de Mossoró que precisam de um olhar atento do Ministério Público: “A população de Mossoró pede socorro ao MP. Segundo a Constituição brasileira, ‘o poder emana do povo’, mas em Mossoró a impressão é que existe um poder maior. Poder este que derruba audiência pública para discutir questões importantes, como o atraso de pagamento dos servidores terceirizados da cidade; que arquiva CEIs que deveriam investigar possíveis irregularidades em contratos da Prefeitura. Um poder que tudo pode e sob o olhar silencioso do Ministério Público”.
    Ao final da palestra, presidida pelo procurador de Justiça e corregedor geral do MPRN, Anísio Marinho Neto, Marleide solicitou um posicionamento do MP sobre o pedido de investigação protocolado pelo Sindiserpum sobre possíveis irregularidades e uso de dinheiro público durante o Mossoró Cidade Junina.
    Falou ainda, de forma particular com a corregedora-adjunta, Sayonara Café de Melo, se informando como deveria proceder para pedir uma intervenção do MP no sentido de investigar os contratos da empresa Vale Norte, responsável pela coleta de lixo em Mossoró e que já obteve nos últimos anos, mais de 53% de reajuste em contratos efetivados com a Prefeitura de Mossoró sem licitação.
    A presidente do Sindiserpum solicitou ainda à presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro, que marque uma data para a realização de uma audiência pública para discutir a falta do reajuste dos servidores públicos municipais.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró - SINDISERPUM

    Av. Rio Branco, 1642 - Centro, Mossoró - RN, CEP: 59621-144

    sindserpummossoro@gmail.com | (84) 3321-4790

    Receba as Novidades em Seu Email