• Últimas Notícias

    quarta-feira, 4 de setembro de 2019

    Gestão Rosalba desrespeita Ministério Público e o Sindiserpum denuncia


    O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), enviou nesta segunda-feira (02), ofício ao Ministério Público (MP) onde informa a quebra de acordos na Justiça desrespeitados pela Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM).
    Como exemplo, o sindicato relembra àquele órgão que no último dia 1º de agosto, a Prefeitura deveria, conforme registrado em ata de audiência nº 19/20194ªPJM “apresentar um estudo técnico-financeiro do impacto na folha de pagamento na hipótese de aplicar o percentual de 0,42% (diferença da Lei do Piso Salarial)”, alinhando-se ao Piso Nacional. Informou ainda que, apesar de enviado ofício aos representantes do Executivo municipal, nenhuma justificativa foi dada e a reunião simplesmente foi ignorada pela gestão Rosalba Ciarlini.
    Outro desrespeito grave ao MP, teve consequências que impactam a educação municipal até hoje: a quebra de acordo firmado na 4ª Promotoria para por fim à greve dos professores. O município usou de má fé e descontou ilegalmente o salário dos professores em greve, além de promover uma série de humilhações e intimidações contra os professores. A perseguição aos grevistas continuam e prejudicam as relações cotidianas nas escolas, inclusive com ingerências e impedimentos nas atividades pedagógicas.   
    Determinações constantes na ata 0024/2019/4ªPJM, sobre a gestão democrática nas escolas, datada de 17 de julho, também foram  100% desconsideradas pela Prefeitura, que não publicou a nova portaria com a constituição da comissão de análise dos ajustes necessários à Minuta da Lei da Gestão Democrática, não cumpriu a determinação de publicar um cronograma para reuniões da Comissão, com isto não há prazos para a conclusão dos trabalhos e, lógico, não foi construído o texto que deveria ter sido remetido ao gabinete da Prefeitura e nem qualquer definição das diretrizes gerais do projeto de Lei.
    Uma clara demonstração de que a gestão Rosalba não tem qualquer interesse na implantação da gestão democrática, sem contar com a afronta aos poderes constituídos.
    As quebras de acordos judiciais por parte da Prefeitura, mostram o sentimento de superioridade adotado pela gestão Rosalba Ciarlini, desrespeitando as instituições democráticas e autoridades sem qualquer justificativa, e na certeza da impunidade pelos seus atos.

    Publicado em 04 de setembro de 2019. © Assessoria de Comunicação Sindiserpum.    

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró - SINDISERPUM

    Av. Rio Branco, 1642 - Centro, Mossoró - RN, CEP: 59621-144

    sindserpummossoro@gmail.com | (84) 3321-4790

    Receba as Novidades em Seu Email