• Últimas Notícias

    sexta-feira, 21 de setembro de 2018

    Congresso dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró se transforma em um marco na história do Sindiserpum


    O Sindiserpum realizou ontem (dia 20), o primeiro Congresso dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró. Contando com a participação de representantes de todos os postos de trabalho de Mossoró e com palestras significativas que abordaram “Os desafios frente ao desmonte do serviço público”, o congresso se torna um marco referencial para a história do sindicato.
    A mesa de abertura contou com a presença das centrais sindicais CUT, CTB, UGT, Intersindical e Força Sindical, que fizeram as saudações aos delegados e delegadas do Congresso. Também prestigiaram o evento diversos sindicatos como o SECOM, SindHoteleiros, Sindicato dos Bancários, Sinthaphan, Sinai, Sintracom e Sindipetro.
    O representante da Executiva Nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Milton Rezende, abriu o congresso fazendo uma explanação sobre a atual conjuntura nacional na política e suas consequências no sucateamento do serviço público.
    Três palestras marcaram o evento e foram debatidas pelos servidores presentes: “O desmonte do serviço público na área da Saúde”, dando ênfase especial às tentativas do Governo Federal de acabar com o Sistema Único de Saúde (SUS). Esta palestra foi proferida pelo professor mestre Jennifer do Vale e Silva, da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA).
    Sobre “O desmonte no serviço público na Educação”, a professora mestra Arleide Meylan, também da UFERSA, conduziu ampla discussão e a palestra sob o tema “O ataque às universidades públicas em um contexto de crise político-institucional”, foi conduzida pelo professor mestre da UERN, Denys Tavares.
    À tarde uma assembleia geral encerrou as atividades do congresso e deliberou sobres mudanças estatutárias. A presidente do Sindiserpum avaliou o congresso: “A realização do Congresso foi de extrema importância porque oportunizou a reflexão, a análise e o debate sobre a conjuntura nacional no que se refere aos desmontes dos serviços públicos. Nós estamos vivendo um contexto de precarização destes serviços, de abertura de um espaço para a mercadorização da Saúde e da Educação, um ataque provocado pela emenda constitucional 95, que congela os recursos públicos e nós tivemos a oportunidade de refletir sobre isso e os servidores construírem o sentimento de resistência, de luta e de organização para enfrentar estes desafios que estão pela frente. Todas as palestras foram brilhantes, eu estou muito feliz e tenho certeza de que os servidores públicos também”.

    Publicado em 21 de setembro de 2018. © Assessoria de Comunicação Sindiserpum.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró - SINDISERPUM

    Av. Rio Branco, 1642 - Centro, Mossoró - RN, CEP: 59621-144

    sindserpummossoro@gmail.com | (84) 3321-4790

    Receba as Novidades em Seu Email