• Últimas Notícias

    terça-feira, 24 de julho de 2018

    Sindiserpum pede ao MP continuidade de inquérito que apura supostos desvios do FUNDEB de dezembro de 2016


    O Ministério Público (MP), por intermédio da 19ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mossoró, intimou a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), Marleide Cunha, afim de obter maiores informações sobre os salários atrasados dos profissionais da Educação em novembro e dezembro de 2016 e sobre o inquérito civil que investiga supostas irregularidades no destino dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) de dezembro de 2016.  
    Na audiência realizada na tarde desta segunda-feira (25) Marleide Cunha informou que, após quase dois anos, o salário de dezembro e o décimo terceiro dos profissionais da Educação foram concluídos somente em maio de 2018 e pediu ao MP a continuidade do inquérito civil para saber o paradeiro dos valores do FUNDEB daquele período.
    “Sabemos que os recursos do FUNDEB é verba vinculada, ou seja, não pode ser desviada para outro fim, portanto jamais salários dos profissionais da Educação poderiam não ser pagos no mês trabalhado. Foi cometido um crime e queremos a sua apuração e punição”, comentou a presidenta do Sindiserpum.   
    Desde o início da gestão Rosalba Ciarline o Sindiserpum tem cobrado informações sobre o paradeiro dos recursos do FUNDEB do mês de dezembro de 2016. Em várias ocasiões, o Executivo informou que estava rastreando o dinheiro para saber em que conta ele estaria depositado. Até agora, passados quase dois anos, nenhuma informação concreta foi repassada ao sindicato.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró - SINDISERPUM

    Av. Rio Branco, 1642 - Centro, Mossoró - RN, CEP: 59621-144

    sindserpummossoro@gmail.com | (84) 3321-4790

    Receba as Novidades em Seu Email